Telebras firma acordo com a Dataprev para interligar rede da Previdência Social em todo o país

Inclusão Digital

Telebras firma acordo com a Dataprev para interligar rede da Previdência Social em todo o país

Pelo contrato, no valor de R$ 292 milhões e cinco anos de validade, Telebras passa a ser o provedor de toda a conectividade da rede da Previdência, que inclui agências, gerências, superintendências regionais e entidades parceiras. São 1,7 mil circuitos ativos de comunicação de dados, que são conectados à Dataprev.

Por Ascom do MCTIC

Publicação: 17/03/2017 | 13:09

Última modificação: 22/03/2017 | 18:28

Agências da Previdência em todo o país serão conectadas pela Telebras ao Dataprev.

Crédito: Reprodução da internet

A Telebras assinou contrato com a Dataprev para interligar a rede da Previdência Social em todo o território nacional, incluindo agências, gerências, superintendências regionais e entidades parceiras. Ao todo, a rede é formada por mais de 1,7 mil circuitos ativos de comunicação de dados, conectados aos data centers da Dataprev. O contrato, no valor de R$ 292 milhões, tem validade de cinco anos.

Para o presidente da Telebras, Antonio Loss, o contrato faz parte dos grandes projetos da empresa para 2017. "Cada vez mais podemos cumprir com o nosso papel e sermos sustentáveis naquilo que fazemos: telecomunicações."

"Já temos uma relação de parceria estruturada com a Telebras, que está sendo agora ampliada. A Telebras passa a ser o provedor de toda a conectividade da rede da Previdência", explica o diretor de Tecnologia e Operações da Dataprev, Daniel Darlen.

Essa é a segunda parceria entre as duas empresas. Em julho de 2016, foi assinado um contrato com a Telebras para fornecimento de circuitos de acesso à internet, que atendem aos três data centers da Dataprev. Os circuitos contratados da Telebras aumentam o nível de segurança para a disponibilidade dos sistemas que rodam nos data centers.

A nova contratação permitirá, também, mais flexibilidade no atendimento às demandas de novos circuitos, remanejamentos e ampliações, avalia a direção da Dataprev. Os contratos vigentes com as operadoras atualmente serão migrados para a nova rede da Telebras ao longo de 2017.

Fonte: MCTIC