Laboratórios Participantes

 
Laboratório de Avaliação e Síntese de Substâncias Bioativas da Universidade Federal do Rio de Janeiro

O LASSBio-UFRJ têm construído firmes bases de pesquisa em Química Medicinal, área do conhecimento farmacêutico essencial à inovação terapêutica, capacitando jovens pós-graduandos, doutores, mestres e pós-doutores, no desenho racional, síntese, avaliação farmacológica e otimização de novos protótipos de fármacos de diversas classes terapêuticas, produzindo dezenas de dissertações, teses e publicações e revisões em periódicos indexados específicos de Química Medicinal ou não, de elevados índices de impacto, além de patentes nacionais e internacionais

 

Centro de Inovação e Ensaios pré-clínicos

O CIEnP, Centro de Inovação e Ensaios pré-clínico é uma instituição privada, sem fins lucrativos (OSCIP), criado por iniciativa do Governo Federal, e apoio do governo do Estado de Santa Catarina e Fundação CERTI, com o objetivo de suprir a demanda da indústria farmacêutica brasileira por ensaios pré-clínico atuando em conformidade com requerimentos exigidos pelas agências regulatórias nacional e internacionais.

 

Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos da Universidade Federal do Ceará

O NPDM/UFC será o primeiro núcleo de pesquisa no País a atuar em todas as etapas da cadeia de desenvolvimento de medicamentos, desde a síntese da molécula, passando por testes com animais, até alcançar a etapa final de pesquisa com seres humanos.
A nova estrutura do NPDM conta com 10 mil m² e abrigará 28 laboratórios para pesquisas toxicológicas e farmacológicas, estrutura hospitalar com 64 leitos para testes de novos medicamentos em voluntários sadios e pacientes e 14 ambulatórios.

 

Laboratório de Química Orgânica Sintética

O LQOS no IQ-UNICAMP realiza pesquisas na área de síntese orgânica, tendo concluído as sínteses totais de algumas das moléculas mais complexas do ponto de vista estrutural sintetizadas na América do Sul. Laboratório vinculado ao Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Fármacos e Medicamentos (INCT-INOFAR), concluiu a síntese total de vários princípios ativos de medicamentos genéricos. O LQOS firmou, em março de 2013, um acordo de cooperação inédito na América Latina, com a Drugs for Neglected Diseases initiative (DNDi) e com a Medicines for Malaria Venture (MMV), com o objetivo de desenvolver novos medicamentos e tratamentos para doenças parasitárias tropicais como malária, doença de Chagas e leishmaniose visceral. O projeto envolve otimização de compostos líderes para tratamento de doenças parasitárias tropicais. Este modelo de projeto, inédito no Brasil, permitirá avançar na cadeia de descoberta de medicamentos para o tratamento de doenças tropicais parasitárias no País.